Project Description

MARIA JOÃO BOBONE PINTO DE MAGALHÃES

aicep PORTUGAL GLOBAL

mj-a

1998 -17 – AICEP Portugal Global, ex -Icep Portugal, Investimento, Comércio e Turismo.

2007 – 17 – Diretora do Programa INOV Contacto, Programa de estágios internacionais em contexto profissional, promovido e gerido pela AICEP, alvo de menções internacionais de Boas Práticas pela UE (DG Empresa e Indústria, 2007 e Indústrias Criativas, 2010), Case Study pela OCDE (com recomendação de réplica para Welsh Assembly Government, 2008) e Caso de Sucesso pelo FSE (School to Work, 2013 e projetos apoiados FSE, 2015-16).

2012 – 14Membro do Júri dos Concursos anuais de Internacionalização das Artes promovido pela Direcção Geral das Artes em parceria com a AICEP.

2008 – 12Representante da AICEP no Grupo do Ministério da Economia e do Emprego no Grupo de trabalho para as Industrias criativas.

2005 – 06 Diretora de Fileira Materiais de Construção – Acompanhamento e promoção a nível internacional da Fileira Materiais de Construção e dos vários Sectores que a integram – Cerâmica, Pedra, Metal, Cortiça, Madeira, Plástico, quer ao nível das Empresas quer das Associações setoriais.

2004 – 05 Diretora de Clientes Fileira Moda – Acompanhamento de Clientes alvo, Empresas e Associações, na construção de um Projeto comum no sector da Moda, promovendo e apoiando iniciativas de expansão e internacionalização de atividade e fortalecimento de marca própria e aumento de competitividade e visibilidade nos mercados interno e externos, com os vários “players” do Sector.

2002-03 Diretora Financeira – Responsável pela elaboração e acompanhamento do Orçamento do Instituto, controle de Tesouraria, lançamentos contabilísticos na Sede e no exterior, evolução do sistema informático Oracle e transição para o sistema de contabilidade pública POC-P, execução orçamental e relatórios de gestão do organismo e reporte à tutela.

1998-02  Diretora de Informação – Gestão de conteúdos (pesquisa, selecção, tratamento, disponibilização), de caracter económico para a aquisição de conhecimentos pela comunidade empresarial portuguesa, para aumento de competitividade à escala internacional, bem como o aumento de visibilidade de Portugal; Gestão da estratégia de comunicação e conteúdos dos Portais do Instituto, nomeadamente em Workshops e Seminários em Portugal e nos Mercados Externos (com zona de acesso controlado de conteúdos turísticos na ótica do Operador turístico nacional e internacional no caso do Turismo), Gestão de atendimento e satisfação de Clientes.