Project Description

ALEXANDRE ANDRADE

Deloitte

Desempenha atualmente a função de Associate Partner na área de Global Investment and Innovation Incentives, da Deloitte Consultores, em Portugal. Licenciado em Administração e Gestão de Empresas pela Universidade Católica Portuguesa, iniciou a sua carreira na Arthur Andersen (atual Deloitte como resultado da associação efetiva das duas firmas desde abril de 2002) em setembro de 2000.

A sua experiência profissional tem-se centrado, em concreto, na área dos incentivos financeiros, fiscais e parafiscais, nomeadamente na apresentação de projetos de investimento, em múltiplas áreas de atuação, tais como, indústria transformadora, agroalimentar, tecnologias de informação e comunicação, saúde, media, construção, setor automóvel, energia, consultoria, turismo, transportes, entre outros setores. De igual modo, a sua atividade inclui:

  • Coordenação e realização de diagnósticos de oportunidades de cofinanciamento das atividades de investimento realizadas e por realizar, sendo de destacar a sua intervenção no apoio a processos de desenvolvimento e de internacionalização de múltiplas empresas;
  • Coordenação e realização de exercícios de simulação e de avaliação dos apoios públicos passíveis de serem auferidos, bem como os riscos associados a cada operação;
  • Apoio na concretização de múltiplas candidaturas a incentivos financeiros, fiscais e parafiscais, ao nível dos vários quadros comunitários de apoio disponibilizados no território nacional e, ainda, no contexto europeu, definindo, ainda, metodologias e planos de ação;
  • Participação ativa na concretização de contratos de investimento celebrados entre promotores e o Estado Português, contemplando, regra geral, a concretização de projetos de elevada dimensão;
  • Acompanhamento das operações de investimento a seu cargo, mediante o apuramento dos principais indicadores de projeto e consequente apoio quer no reporte e sistemático, quer em processos inspetivos promovidos por parte das autoridades competentes nesta matéria;
  • Participação em Due Diligences de cariz financeiro, fiscal e contabilístico, direcionadas, nomeadamente, para a avaliação dos pressupostos e das obrigações contratualmente estabelecidas e relacionadas com os apoios ao investimento que, eventualmente, tenham sido atribuídos;
  • Participação efetiva em múltiplos processos de localização de novas unidades industriais e, bem assim, de novos centros de competência (site selection);
  • Realização de estudos setoriais e de competitividade, com especial enfoque na definição do papel das PME e das Mid-Cap no contexto da economia nacional, principais desafios e constrangimentos a médio/longo prazo e, ainda, o estabelecimento de recomendações de índole estratégica;
  • Destaca-se ainda a autoria de vários artigos afetos à sua área de intervenção, bem como a participação, como orador em seminários sobre temáticas relacionadas com os apoios públicos ao investimento.