A globalização pela parceria e o ecossistema

As empresas portuguesas devem pensar cada vez mais num mundo global dos negócios, mas devem ter consciência que a nossa pequena dimensão, sendo uma vantagem competitiva em termos de agilidade, pode ser uma limitação quando queremos conquistar novos mercados.

Temos que trabalhar em equipa e usar o ecossistema, sejam eles, clientes, parceiros ou até concorrentes locais, para pensar global.

Temos também de saber usar as nossos embaixadas económicas , sejam as delegações do AICEP pelo o Mundo, as camaras de comercio Luso-X, a nossa diáspora.

Sozinhos podemos ir mais depressa, mas em equipa vamos mais longe.

Dinamizador: José Pedro Salas Pires, Anetie